quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Leve com você!


Aprendi a levar comigo somente as coisas boas que eu vivi. Lembrar dos momentos felizes é bom quando estamos em um momento ruim. Parece que sem querer a gente esquece que está triste e até sorri com as lembranças. É tão bom lembrar das fases boas.

Quando estou triste ligo logo meu computador e procuro uma música pra cantar. Exatemente, não tem aquela frase? Quem canta seus males espanta. Realmente, espanta sim! Pra bem longe, é impressionante.

Então gente, está triste? Para tudo! Antes mesmo que aquela lágrima que quer sair do seu olho escorra, liga o som , põe uma música bem animada,vai cantar, vai dançar, vai fazer qualquer coisa, menos chorar, por favor né? Tudo bem, as vezes é bom chorar pra dar aliviada mesmo, chorar pra raiva passar, deve ser isso.

É tão bom estar feliz, estar bem com você mesmo. Se amar antes de amar qualquer outra pessoa. Estar feliz sozinho e não precisar de mais ninguém para completar essa felicidade. Isso é bom, mas seria ótimo se durasse por muito tempo. No máximo alguns meses e você já sente falta de uma companhia e sem perceber vai a procura dela. Ah tá! Você acha que não?Ok. Vamos pensar então, você tem pelo menos um ursinho em cima da sua cama? Ou um animal de estimação? Um papagaio, um cachorro, um gato, fotos na parede, uma televisão no seu quarto, coisas pra te fazerem esquecer que você está sozinho. Pois é, é difícil, é insuportável estar e imaginar ficar sozinho. Querendo ou não, sempre vamos ter algo em mãos pra lembrar, nem que sejam nossas próprias lembranças, que nunca irão nos deixar esquecer daqueles momentos bons que passaram na nossa vida, daquelas pessoas boas. Como é bom lembrar e como é bom não esquecer. Não esquecer que não é preciso de muita coisa pra ser feliz. O básico pode ser sim o suficiente pra se alcançar a felicidade. Só que hoje em dia, nem todo mundo está se contentando com o básico e ele não é mais suficiente nem pra pensar em ser feliz. Esse mundo moderno de hoje fazem as pessoas esquecerem que um dia não existia nem televisão e as crianças não dormiam sem ouvir uma história. Hoje, elas não dormem sem jogar videogame.

Mas o que seria o básico? Ou as três coisas básicas para ser feliz? Sinceramente? Não sei. A maioria diria em primeiro lugar o amor! Nossa, que novidade. Mas e o resto? Pra variar um pouco poderia ser, amor, saúde e paz. É o que a maioria das pessoas pensam, mas hoje mais uma palavra seria acrescentada: DINHEIRO! Opa, isso sim, o povo gosta.

Fica difícil dizer quais são as três coisas básicas pra ser feliz. Seria mais fácil perguntar: O que te faz feliz? Talvez, mas no momento essa minha resposta não está acabada, ou simplesmente eu não tenho certeza dela. Então prefiro não publicá-la aqui, pelo menos por equanto.

Fica aqui então algo para você, querido leitor, se é quem algum ser lê as besteira que eu escrevo aqui. O que te faz feliz?

Good Vibes!

By: Amanda Tavora
HULL...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Alô!! Onde esse mundo vai parar?

Provavelmente todos viram ou ouviram falar sobre o caso da estudante da Uniban, que foi expulsa por usar roupas indevidas, ou seja lá qual foi o motivo da expulsão. Na verdade, ninguém está certo nessa história e ninguém também sabe o que realmente aconteceu, porque toda a hora alguém conta uma coisa.
Assisti no Debate MTV que segundo alunas que estavam presentes no momento do ocorrido, a estudante havia provocado a confusão. Se ela provocou ou não , não justifica qualquer tipo de agressão, muito menos uma expulsão. E que história é essa de expulsar e depois voltar atrás? Eu pelo menos, se fosse aluna , não gostaria de estudar mais em uma faculdade que querendo ou não apoiou os agressores. Enfim, essa história já deu o que tinha que dar.
Sinceramente, existem coisas mais importantes e interessantes para discutir nesse país. É claro que, esse acontecimento foi mais uma forma de enxergar o quanto a sociedade é preconceituosa. Cada um que se vista da maneira que se sentir melhor e que faça o que bem entender. Com tanto que não agrida ninguém. Quer desfilar, se exibir, que faça. Se as pessoas não tivessem dado bola para as atitudes dessa estudante, nada disso teria acontecido. E pra que chegar a esse ponto da mídia expor essa menina dessa forma? Nada justifica a agressão por parte dos alunos da faculdade, seja o que ela tenha feito e ela quem for.

Mudando de assunto. E voltando ao pensamento de que existes coisas mais importantes para se preocupar. Algo que foi não esquecido mas, deixado de lado por um tempo, que seria o aborto. Eu, na verdade, nem me preocupava em pensar sobre isso. Mas depois de um debate na minha sala de aula e após ver um documentário sobre isso, comecei a refletir. Cheguei a conclusão que é muito difiícil desenvolver uma opnião geral. Pois cada caso é um caso.
Deixo aqui então o site do meu curso, onde pode ser encontrado o documentário : Uma história de Severina.
http://jc1iesb.wordpress.com/

E para finalizar meu post de hoje, após muito tempo sem escrever aqui, não por falta de tempo e sim de um assunto que me inspirasse a escrever. Vamos deixar de nos preocupar com essas bobagens que a mídia nos mostra e olhar realmente os problemas sérios que estão ocorrendo no mundo. Não só esses problemas como o aborto, mas principalmente os problemas ambientais.

Valeu,Hull!

Amanda Tavora

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Changes

Observando mais atentamente a vida , percebi como as coisas mudam em uma velocidade impressionante. Sempre acho que o tempo demora pra passar, mas quando passa também, vejo que foi tão rápido, logo penso que poderia ter aproveitado mais, que loucura. Dá uma saudade dos tempos bons, mas logo agradeço pelos tempos ruins terem passado também.
Não consigo imaginar qual época da minha vida foi melhor e em qual eu fui mais feliz. O que passou, passou, estou vivendo o hoje e quem sabe conseguirei viver o amanhã. Todo dia é uma vitória por estar viva e com saúde. É fato que muita coisa mudou e eu ainda não sei o que era melhor. Tendo um lar e uma companhia pra mim está bom. Claro, queria ter todos aqui comigo, meu pai, minha mãe, minha irmã, meus cachorros, todo juntos. Mas acho que essa ilusão já acabou. Decidi encarar a realidade e não me abalar mais com perdas e separacões que definitivamente fazem parte não só da minha vida, mas na de qualquer pessoa.
Mesmo depois de tudo, todos os obstáculos, sacrifícios, estou feliz. Ainda tenho muitos obstáculos pela frente e confesso que agora nem tenho mais medo deles, estou ansiosa para descobri-los ,enfrentá-los e vencê-los mais uma vez!

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Just DANCE!

One day doing whatever I wanted to do.
Another day trying to be who I am
Who I really am

I was not afraid
I didn't have no reasons to be
I was just happy

Happy to be with my friends
To love and be loved
Forgetting all my problems
And living that moment

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Ser desportista é uma opção, ser ativo é uma necessidade!

Tati e eu

Superando expectativas!


Atualmente o wakeboard é o esporte aquático que mais cresce no mundo. A evolução do esporte passou por muitas histórias até chegar nos dias de hoje.

O wake começou a surgir nos anos 70 no Havaí e na Califórnia, quando surfistas encaravam o mar sem ondas puxados por botes de borracha.

Fonte: ABW e Redação Wake Brasil

É isso ai galera. Eu tive a oportunidade de experimentar esse esporte e foi irado!
Essa foto vai especialmente para meus primos que estão na TRIP dos sonhos in New Zeland, Hawaii e por ai vai.

Postei também uma foto com a minha amiga Tati, que me convidou para andar de wake!

HULL! Vivendo sempre novas experiências

http://www.youtube.com/watch?v=NJ7xwruyPgU - Pra quem quiser ver, o video da Tati no wakee

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Just feel it


When you want somebody more than anything. When you can't stop thinking about someone. When you are nervous about something you don't even know. When you are sad and you don't know why. When you are happy without reason, just happiness. What is this?

Maybe you are crazy...maybe you are in love. You realized that you can't concentrate in one thing without thinking in that person with you. Ok, it's not everything. Sometimes you can do something thinking only in that thing that you are doing. But almost everytime a film with that person came into your mind and you start to ask yourself what is going on.

When you like someone but you don't want to confess, when you love but you can't admit , when you try to hate, but even if someone do the worst thing in the world to you, it's impossible for you to hate somebody because you don't have space for this feeling in your heart.

Your love is so big that you don't realize how you can be a good person with people who need attention, love, help or just a friend. Think about all the good things you can do to have a better world and a better life. Think about what you can do to be a better person. We all can, we all need, we all love!

Amanda Tavora

Fica aqui um trecho de uma música que eu amo. E uma foto acima de um filme que pode ser bobo, mas eu amo a foto.

Coldplay- Warning Sign

When the truth is, I miss you
Yeah the truth is, that I miss you so
And IÂ’m tired I should not have let you go

terça-feira, 23 de junho de 2009

Preserve uma vida

Essa foto foi tirada na janela da casa da HULL!

Queria falar sobre coisas boas hoje,até postei essa foto da borboleta , mas infelizmente terei que falar de algumas coisas ruins que estão acontecendo no meu país com bastante frequência.
Semana passada comecei minhas aulas de auto-escola. Aulas teóricas. São no total 45 horas de aula, distribuidas durante quase 2 semanas. As aulas são bastante cansativas, principalmente as de legislação. Mas certos assuntos me chamaram atenção, como a aula de cidadania e meio ambiente. A cidadania é a expressão que indica a qualidade da pessoa que. estando na posse de plena capacidade civil, também se encontra investida da faculdade de usar e desfrutar seus direitos políticos no solo pátrio. Além dessas aulas temos também, direção defensiva, noções de mecânica básica e primeiros socorros. Mas tudo isso somente na teoria. Antigamente passavam vídeos mostrandos acidentes, não sei porque tiraram isso. Depois dessas aulas percebi que realmente elas são importantes pra despertar a realidade para as pessoas que acham que acidentes nunca acontecerão com elas.
Hoje só no site da globo pode perceber inúmera notícias sobre acidentes no trânsito:

Mulher morre após ser atropelada por dois carros no RS

Menino de 11 anos morre atropelado por caminhão de lixo em Valparaíso

Tia e sobrinho morrem após atropelamento em MG

Motorista atropela cinco pessoas durante manifestação na Bahia

Homem morre atropelado por carro na Zona Leste de SP

E por ai vai...Lendo essas reportagens percebi que a maioria delas são causadas por falta de atenção dos pedestres e motoristas. Acidentes causados por bobagem. Uma coisa que todos acham super chato é obedecer a velocidade máxima da via, todos querem andar acima dela, mas o limite de velocidade tem um porque, e é exatamente o de prevenir acidentes assim, quando aparece um obstáculo do nada na sua frente e se o motorista estiver na velocidade máxima permitida consegue ainda prevenir o acidente. Não existe só essa forma de prevenir mas essa é uma das mais importantes e infelizmente uma das menos respeitadas.
Fica aqui um toque para os blogueiros e para sociedade. Dirija com atenção, pense que entre as vítimas você ou alguém querido poderia estar. Eu mesma nem tirei minha carteira ainda , mas depois dessas aulas comecei a prestar mais atenção no trânsito quando estou dentro do carro ou do ônibus voltando pra casa.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Em quem confiar?



Hoje vou postar alguns trechos de uma música que gosto muito , principalmente o que fala na letra.

Rihanna- Question Existing http://www.youtube.com/watch?v=X-SFG6-bNVM&feature=related

Composição: Ne-Yo

Who am I living for?
Ooh yeah
Is this my limit?
Can I endure some more
Chances IÂ’m Giving?
Question existing
Who am I living for? Ooohh
Is this my limit?
CanÂ’t I endure some more
Chances I'm Giving?
Question existing.

I'm just like you
Do the mistakes I make me a fool
Or a human with flaws
Admit that I'm lost
Round of applause
Take the abuse
Sometimes it feels like they want me to lose
It's entertainment
Is That An Excuse? (No)
But the question that lingers whether win or lose

Dear diary,
It's Robyn.
Entertaining is something I do for a living.
It's not who I am.
I like to think that I'm normal.
I laugh.
I get mad.
I hurt.
I think guys suck sometimes.
But when you're in the spot light everything seems good. (Oooh Yeah) Sometimes I feel Like I have it worst cuz I always have to keep my guard up.
I donÂ’t know who to trust.
I donÂ’t know who wants to date me for who I am.
Or who wants to be my friend for who I REALLY am.

Tradução:

[refrão]
Estou vivendo para quem?
Ooh yeah
Esse é o meu limite?
Eu posso resistir mais?
Estou dando chances
Questionando a existencia

Eu sou igual a você
Os meus erros me fizeram uma tola?
Ou um humano com falhas?
Admito que estou perdida
As vezes sinto que todos querem que eu perca
Isso é entretenimento
Ou uma desculpa?
Mas a pergunta que hesita: ganhar ou perder?

Querido diário
É Robyn
Entretenimento é algo que eu faço para viver
Não é quem eu sou
Gosto de pensar que sou normal
Eu rio
Fico brava
Machuco
As vezes acho que os caras são uns tontos
Mas quando você esta em evidência tudo parece bom
As vezes sinto ao contrário porque sempre mantenho a guarda
Não sei em quem confiar
Nãi sei quem quer me namorar por eu ser quem eu sou
Ou quem quer ser meu amigo pelo o que eu realmente sou


REALIDADE?

PEACE!

domingo, 21 de junho de 2009

Um dia de domingo










Domingo, um dia calmo
Um dia para se passar em família
Ou apenas para ficar sozinho e refletir sobre a vida
Um dia em que tiramos para descansar da correria da semana

Domingo, nos lembra que o dia seguinte tudo começa outra vez
Nos trasmite paz e ao mesmo tempo tristeza de estar acabando o final de semana
Dia que dormir até mais tarde
Ou de acordar mais cedo para se exercitar

O dia em que muito gente fica de ressaca
Em que o sol resolve aparecer
Dia de ir para o clube
Ou para praia jogar frescobol

Domingo, o dia do futebol
Para os que apreciam ,se reunen no bar
Para os que odeiam, se contentem com a programação chata da tv
Domingo realmente é um dia cheio de opções


Esta foto é de um dos lugares que mais gosto. Ermida Dom Bosco. Num final de tarde. Pode ser de um domingo, como de uma segunda-feira, apenas mais um dia.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

The beginning

Na maioria das vezes esperamos que as coisas sejam do nosso jeito. Sempre pensamos que algo pode dar certo, mas também nunca descartando a possibilidade de dar errado. Mesmo querendo não pensar , acabamos pensando.
Sempre tive muitos sonhos e sempre acreditei nele. Muitos deles não duraram muito tempo. Mas um em especial dura até hoje. Deixou de ser apenas um sonho e se tornou um objetivo, um foco. Por ele eu lutei e continuo lutando. Porque consegui apenas metade dele.
Não se contente com pouco se você é capaz de conseguir muito mais. Mas tenha cuidado pra não ir com muita sede ao pote. Seja sempre cuidadoso e tenha um pé atrás , principalmente com as pessoas. Nem todo mundo pensa como nós ou age como nós. Você pode estender a mão para alguém, mas nem sempre alguém fará o mesmo por você quando necessitar.
O mundo , a vida , as pessoas, são uma caixa de surpresas. Nós nunca sabemos realmente o que vai acontecer. O fato é que tudo pode acontecer quando a gente menos espera. Podemos nos surpreender ou nos decepcionar.
Não sei quanto a vida de vocês, mas a minha não deve ser muito diferente. Todos temos aqueles problemas normais. Brigas de família, contas pra pagar, escola, faculdade, trabalho, namoros, etc...Mas no final geralmente parece novela, no final de cada etapa sempre fica tudo bem, sempre da tudo certo. Por mais que nem tudo se resolva, as coisas melhoram. Então se a sua vida anda meio ruim, acredite que logo ela irá melhorar. Logo a tempestade vai passar. Sempre após o temporal vem a bonanza depois vem o temporal e depois vem a bonanza e.......(seria um circulo vicioso). Que loucura, mas não deixe que o temporal te derrube. O importante não é ser feliz e sim estar feliz independente das consequências. Sempre tem algo de bom para nos trazer alegria.